24 de jun de 2009

Weblogic WLST - Inicializando servidores via Node Manager

O weblogic server possibilita a administração de um domínio mesmo quando o servidor de administração estiver fora do ar através do Node Manager que já deve ter sido devidamente configurado para gerenciar o domínio que será administrado.

O Node Manager é um serviço do weblogic server que possibilita a adminsitração de vários servidores configurados em vários hardwares diferentes através de um único console de administração ou de scripts WLST.

Neste post vou mostrar um script que pode ser utilizado para conectar no nodemanager de uma máquina e enviar comandos para inicializar servidores previamente configurados em um determinado domínio administrado por este nodemanager. O script assim como o arquivo de propriedades está comentado e seu código segue abaixo com comentários em seguida:

from java.util  import Properties
from java.io  import FileInputStream
from java.io  import File

#import thread
from string import split

#============DEFINICAO DE FUNCOES============
#funcao que carrega dados de arquivo de propriedades
def carregaArquivoPropriedades(nomeArquivo) :
    print 'carregando propriedades do arquivo: ' + nomeArquivo
    #arquivo de propriedades a ser carregado 
    myProps = Properties()
    #carrega arquivo de propriedades
    myProps.load(FileInputStream(File(nomeArquivo)))
    return myProps

#função que recupera servidores especificados no arquivo de propriedades.
def listaServidores(arquivoPropriedades):
    print 'selecionando servidores da lista de propriedades'
    servidores = []
    propriedades = arquivoPropriedades.propertyNames()
    while propriedades.hasMoreElements():
        #carrega os nomes de todas as chaves carregadas do arquivo de propriedades
        chave = propriedades.nextElement()
        #recupera tipo da chave para verificar se é um servidor se for adiciona no array de servidores.
        elemento = split(chave, '_')
        #checa se elemento carregado do arquivo de properties é um servidor e adiciona na lista de servidores
        if elemento[0] == 'SERVIDOR':
            servidores.append(chave)
    #while que imprime lista de servidores recuperada
    print '=======================AVISO================================================================'
    print'LISTA DOS SERVIDORES A SEREM INICIALIZADOS'
    for servidor in servidores:
        print 'Servidor ==>> ' + arquivoPropriedades.get(servidor)
    print '=======================AVISO================================================================'
    return servidores
            
    
def inicializaInstancias():
    usuario = arquivoPropriedades.get('USUARIO_ADM')
    senha = arquivoPropriedades.get('USUARIO_ADM_SENHA')
    ipNodeManager = arquivoPropriedades.get('NODEMANAGER_IP')
    portaNodeManager = arquivoPropriedades.get('NODEMANAGER_PORT')
    nomeDominio = arquivoPropriedades.get('DOMINIO_NOME')
    diretorioDominio = arquivoPropriedades.get('DOMINIO_DIRETORIO')
    print '\n================================================================================================'
    print 'tentando conexao com o nodemanager...'
    print 'usuario: ' + usuario
    print 'ip Node Manager: ' + ipNodeManager
    print 'porta Node Manager: ' + portaNodeManager
    print 'Nome do dominio: ' + nomeDominio
    print 'Diretorio do dominio no servidor: ' + diretorioDominio
    print '================================================================================================'
    nmConnect(usuario,senha, ipNodeManager, portaNodeManager, nomeDominio, diretorioDominio, 'plain', 'true')
    for servidor in servidores:
        print 'solicitando inicializacao do servidor ' + arquivoPropriedades.get(servidor)
        nmStart(arquivoPropriedades.get(servidor), diretorioDominio)
        
#==========execucao (Main)========

arquivoPropriedades = carregaArquivoPropriedades('servidores.properties')

servidores = listaServidores(arquivoPropriedades)

inicializaInstancias()


O script carrega a lista de servidores de um arquivo de propriedades e inicializa cada um dos servidores declarados no arquivo. Abaixo um arquivo de propriedades de exmplo que pode ser utilizado com este script.

#colocar o IP e porta do nodemanger onde os servidores estão configurados. Caso houver
#necessidade de inicializar ou parar serviores em mais de um hardware o script deverá ser
#executado 1 vez para cada configuração de nodemanager e após feitos os devidos ajustes de ip e
#porta onde o nodemanager se encontra em execução.
NODEMANAGER_IP=localhost
NODEMANAGER_PORT=5559

#colocar o nome do diretório do domínio que será gerenciado pelo script.
DOMINIO_NOME=testescripts
#colocar o caminho completo do domínio que será gerenciado pelo script.
DOMINIO_DIRETORIO=/home/mmaia/weblogic10/domains/testescripts

#usuário e senha de administração deste domínio. Devem ser iguais aos do nodemanager configurados 
#para gerenciamento deste domínio e armazenados no arquivo nm_password.properties do domínio.
USUARIO_ADM=weblogic
USUARIO_ADM_SENHA=weblogic


#lista de nomes das instancias a serem inicializadas ou paradas, deve seguir o padrao SERVIDOR_X=
#pode-se registrar quantas instânciasforem necessárias. As instâncias listadas devem estar
#configuradas no ambiente onde o nodemanager configurado está.
SERVIDOR_1=teste-1
SERVIDOR_2=teste-2
SERVIDOR_ADMIN=AdminServer


[]s

17 de jun de 2009

Open Flash Chart - Utilizando JOFC para executar em um projeto Struts 2

No primeiro post sobre o Open Flash Chart 2 eu mostrei como fazer um primeiro exemplo utilizando um html simples e um arquivo JSON para gerar um gráfico em Flash. Neste post vou demonstrar a utilização do JOFC2 que é uma API para utilização do OFC 2 com java. O arquivo open-flash-chart.swf já deve ter sido colocado na raiz do projeto web do appfuse conforme descrito no primeiro post sobre esse assunto.

Passo a passo:
1) Faça o download do JOFC neste link.

2)Crie uma User librarie no struts com a biblioteca do JOFC e adicione como dependência do seu projeto do Appfuse. Para executar esse passo no eclipse vá em Window > Preferences vá em User libraries de Java e adicione uma nova librarie chamada Jofc2 e nesta librarie adicione o jar do Jofc e a dependência XStream conforme a imagem abaixo.



Não se esqueça de adicionar essa nova librarie como dependência no seu projeto do Appfuse, para isso clique com o botão direito do mouse sobre o nome do projeto no eclipse e depois properties , procure java build path e adicione a librarie como dependência no projeto.

3)Crie uma Action e registre no struts.xml

Para criar a action vá na estrutura do projeto sob a estrutura do projeto do appfuse src>main>java , selecione o diretório das actions e com botão direito do mouse selecione new>Class e crie uma action chamada JOFC2Action conforme o código mostrado abaixo(os imports foram omitidos para simplificar):

package br.com.maweb.webapp.action;

import...

public class JOFC2Action extends BaseAction {

 private static final long serialVersionUID = 4486376620652216855L;

 public String processaOFC() {
  Chart chart = new Chart();
  chart.setTitle(new Text("Java OFC test"));
  chart.setBackgroundColour("#FFFFFF");
  
  LineChart lc = new LineChart();
  lc.setText("Text 1");
  lc.addDots(new Dot(7, "#0000FF", 2, 2));
  lc.addValues(5, 6, 7, 8, 7);
  
  LineChart lc2 = new LineChart();
  lc2.setColour("#000000");
  lc2.setText("Text 2");
  lc2.addDots(new Dot(2, "#FF0000", 2, 2));
  lc2.addValues(1, 2);
  
  BarChart bc3 = new BarChart(BarChart.Style.NORMAL);
//  bc3.setAlpha(0.3f);
  Bar b2 = new Bar(5.0);
  Bar b3 = new Bar(6.0);
  Bar b4 = new Bar(4.0);
  bc3.addBars(b2, b3, b4);
  
  
  chart.addElements(bc3, lc, lc2);
  
  YAxis ya = new YAxis();
  ya.setGridColour("#DDDEE1");
  ya.setColour("#96A9C5");
  ya.setOffset(false);
  chart.setYAxis(ya);
  
  XAxis xa = new XAxis();
  xa.setGridColour("#DDDEE1");
  xa.setColour("#96A9C5");
  chart.setXAxis(xa);
  
  chart.setFixedNumDecimalsForced(true);
  chart.setDecimalSeparatorIsComma(true);
  
  
  String grafico = chart.toString();
  try {
   grafico = URLEncoder.encode(grafico, "UTF-8");
  } catch (UnsupportedEncodingException e) {
   // TODO Auto-generated catch block
   e.printStackTrace();
  }
  getRequest().getSession().setAttribute("grafico", chart.toString());
  return SUCCESS;
 }

}



Esta Action do struts 2 faz a geração de um gráfico DEMO para utilizarmos no exemplo e coloca o resultado gerado que é um JSON na sessão com a chave grafico que será recuperada depois. Após gerar a action temos que registrá-la no struts.xml do projeto conforme trecho de código abaixo:


    /jofc2.jsp



Isso fará que um acesso a url http://localhost:8080/jofc2.html execute a action e após isso irá direcionar para a página chamada jofc2.jsp que criaremos no próximo passo.

4)Crie uma página chamada jofc2.jsp. No projeto do eclipse sob a pasta src/main/webapp crie uma página chamada jofc2.jsp com o seguinte código(as tags html, head e script foram alteradas para compatibilidade com o post neste blog e vc deve corrigí-las antes de executar o exemplo):

html>
head>
 
script type="text/javascript" src="swfobject.js">/script>
script type="text/javascript">
swfobject.embedSWF(
  "open-flash-chart.swf", "my_chart", "550", "300",
  "9.0.0", "expressInstall.swf",
{"data-file":"json.jsp"});
/script>
script type="text/javascript">
swfobject.embedSWF(
  "open-flash-chart.swf", "chart", "550", "300",
  "9.0.0", "expressInstall.swf",
{"data-file":"json.jsp"});
/script>
 
/head>
body>
 
 

Separador de gráfico

/body> /html>


Nesta página declaramos o elemento do Open Flash Chart e fazemos referência a uma página onde o json deve ser recuperado chamada json.jsp.

5)Crie uma página para colocar o JSON gerado chamada json.jsp . Crie uma página jsp com o nome json.jsp no mesmo diretório da página jofc2.jsp que irá recuperar a string JSON colocada pela action na sessão:

<%=session.getAttribute("grafico")%>


O código desta página é só esta linha mesmo. O interessante é que esta foi a única notação que funcionou para o Open Flash Chart, experimentei as notações do JSTL como c:out ou mesmo ${session.grafico} que imprimem EXATAMENTE a mesma String JSON e simplesmente não funciona. Acredito que seja alguma coisa no engine do JSTL do Jetty que cause a incompatibilidade.

6)Configure o projeto do Appfuse para não utilizar o decorator para a página do json. O projeto do Appfuse com struts 2 utiliza o Sitemesh para configurar as páginas, na página json.jsp não queremos que o template default seja utilizado pois queremos somente a String JSON para configuração do gráfico por isso deve-se acrescentar ao arquivo decorators.xml uma linha excluindo a página json.jsp da aplicação do template, segue código do arquivo decorators.xml.

    
        /40*.jsp
        /*ajax=true*
        /scripts/dojo/*
        /struts/dojo/* 
        /resources/*
        /json.jsp
     
    
        /*
    



7)Disponibilizar as libs do jofc para o maven: Registrar repositório e incluir dependências no pom.xml do projeto. Como ainda não encontrei um repositório público do maven com as bibliotecas necessárias para rodar o JOFC 2 disponibilizei no meu servidor da maweb. Por isso para poder baixar as libs do projeto e a dependência temos que registrar no pom.xml do projeto onde estas libs podem ser encontradas. Faremos isso declarando um novo repositório que irá apontar para www.maweb.com.br e registrando as libs que precisamos. Edite o pom.xml adicionando o trecho de código a seguir do repositório e das 2 libraries necessárias respectivamente:


     maweb
     http://www.maweb.com.br/mvn_repo


    jofc2
    jofc2
    1.0-0


     xstream
     xstream
     1.3.1



8)Disponibilizar na sua aplicação o javascript do JOFC (swfobject.js). O approach que utilizo neste tutorial depende de um javascript chamado swfobjec.js que vem no pacote do download do JOFC 2 e portanto copie este arquivo para o mesmo diretório das páginas criadas acima no projeto. Pronto, finalmente estamos prontos para rodar o exemplo para isso abra um console do seu sistema operacional e navegue para o diretório raiz do seu projeto, onde tem o pom.xml e rode o jetty utilizando o comando:
mvn jetty:run


Depois é só acessar a aplicação passando pela action conforme descrito no último passo abaixo. 9) Acessar a aplicação utilizando a url http://localhost:8080/jofc2.html , você deverá ver uma página com um gráfico simples renderizado conforme imagem mostrada abaixo:



Este é um gráfico de demostração para atingir o objetivo deste post, em um ambiente de projeto profissional pode-se utilizar um interceptor do struts para gerar o JSON o que facilitará quando precisarmos ter mais de um gráfico em uma página. Vários outros tipos de gráficos mais complexos podem ser gerados com esta API conforme mostrado nas páginas oficiais do projeto com exemplos em PHP neste link.

[]s

11 de jun de 2009

Appfuse - Script para criação de projeto Appfuse / Struts2

Escrevi este post com o intuito de acelerar a criação de projetos do Appfuse que fossem funcionais no ambiente eclipse. O Appfuse é um excelente projeto que ajuda na integração de vários projetos opent source e com isso acelera o início do ciclo de desenvolvimento. Para criar um projeto com Appfuse é utilizado o maven e portanto para executar o script deste post o maven deve estar configurado no seu ambiente e deve ter um JDK 1.5 ou superior configurado.

Após alguma experiência com o Appfuse cheguei a um padrão na criação de projetos e portanto para acelerar o procedimento consolidei em um script.

O script cria um projeto de testes e para mudar o pacote e nome do projeto criado basta alguma edição no script. O script está bem documentado e é auto-explicativo. É um script que foi testado no ambiente linux com java 6 e para reutilizá-lo basta uma rápida adaptação para utilizar o JDK de sua preferência, o JDK deve ser 1.5 ou superior. Segue o script.

PATH=/home/mmaia/tools/jdk1.6.0_13/bin:${PATH}
export PATH
echo ${PATH}

#cria o projeto, o maven deve estar configurado no ambiente para funcionar.
mvn archetype:create -DarchetypeGroupId=org.appfuse.archetypes -DarchetypeArtifactId=appfuse-basic-struts -DremoteRepositories=http://static.appfuse.org/releases -DarchetypeVersion=2.0.2 -DgroupId=br.com.maweb -DartifactId=TestesJOFC2

#entra no diretório do projeto criado
cd TestesJOFC2

#baixa o código do core do appfuse para possibilitar evolução no seu projeto posteriormente.
mvn appfuse:full-source

#baixa todas as dependências para o repositório do maven executa todos os testes unitários do projeto.
mvn

#baixa parte web do projeto
mvn war:inplace

#remove no linux libraries para rodar aplicativo com container jetty de forma expandida o que facilita durante o desenvolvimento por refletir mais diretamente as alterações.
rm -r src/main/webapp/WEB-INF/lib/
rm -r src/main/webapp/WEB-INF/classes/struts.xml

#configura projeto para ser importado pelo eclipse.
mvn eclipse:eclipse


Após a execução do script o projeto criado pode ser importado como um projeto do eclipse normalmente. Abra o pom.xml do projeto criado e configure a os dados de usuário e senha da base de dados que irá ser utilizada no projeto sendo a default a mysql com usuário root e sem senha, se tiver dificuldades veja este post. Após configurar a base de dados então em um comando de linha para testar basta inicializar o jetty utilizado no desenvolvimento com o seguinte comando:

mvn jetty:run


Para ver o projeto acesse com o browser http://localhost:8080 e utilize usuário/senha = user/user.

Bem se o script não foi alterado teremos um projeto chamado TestesJOFC2 que é um projeto de testes para uma librie de geração de gráficos chamada Open Flash Chart que descrevo em outro post.

[]s

8 de jun de 2009

Open Flash Chart - Configuração e primeiras impressões

Durante o desenvolvimento de um projeto pessoal sempre tive um sentimento de que os gráficos que estava utilizando que são gerados utilizando a Google chart api que é excelente mas por se basear em imagem não fornece o nível de gráficos que eu desejo para o meu projeto. Após alguma pesquisa encontrei a API Open Flash Chart 2 que pelas minhas pesquisas apresenta funcionalidades muito mais próxima das que eu desejo para o projeto. Este post tem por objetivo mostrar a configuração necessária e também minhas primeiras impressões na utilização da API Open Flash Chart 2 em meu projeto.

O projeto que estou desenvolvendo e onde irei testar a integração desta API utiliza a estrutura fornecida pelo Appfuse com Struts 2.

Na própria página do projeto existe uma referência a uma librarie java que pode ser utilizada para integrar o Open Flash Chart em um projeto J2EE, que é o meu caso, decidi então utilizar a librarie chamada jofc2 no projeto por considerar que é a que está mais evoluída. Neste primeiro post sobre o assunto vou demonstrar a configuração básica do OFC com um projeto do AAFuse utilizando HTML simples e um arquivo JSON seguindo o exemplo 1 dos tutoriais do JOFC2.

Como esta API é em flash seu funcionamento se baseia em baixar um arquivo flash já pronto e depois configurá-lo utilizando Json. A API jofc2 que irei utilizar permite que fiquemos abstraídos do JSon utilizando somente java para configurar os gráficos.

Para iniciar os testes o primeiro passo é criar um projeto funcional do appfuse. Após o projeto ser criado vamos executar um primeiro exemplo simples de gráfico OFC utilizando html puro e json.

Para isso copie para a raiz web do seu projeto do appfuse criado o arquivo do pacote OFC chamado open-flash-chart.swf e crie os arquivos chart.htm e data.json na estrutura do projeto e copie o arquivo open-flash-chart.swf colocando-os sob o diretório src/main/webapp conforme mostrado na imagem abaixo:


Segue código a ser inserido no arquivo chart.htm(as tags de abertura e fechamento de html e body do código foram omitidas para compatibilidade de postagem com o blogspot e devem ser corrigidas antes de rodar o exemplo) :
html>
body>
 

Hello World

/body> html>


E o código do arquivo data.json:

{
  "title":{
    "text":  "Many data lines",
    "style": "{font-size: 20px; color:#0000ff; font-family: Verdana; text-align: center;}"
  },
 
  "y_legend":{
    "text": "Open Flash Chart",
    "style": "{color: #736AFF; font-size: 12px;}"
  },
 
  "elements":[
    {
      "type":      "bar",
      "alpha":     0.5,
      "colour":    "#9933CC",
      "text":      "Page views",
      "font-size": 10,
      "values" :   [9,6,7,9,5,7,6,9,7]
    },
    {
      "type":      "bar",
      "alpha":     0.5,
      "colour":    "#CC9933",
      "text":      "Page views 2",
      "font-size": 10,
      "values" :   [6,7,9,5,7,6,9,7,3]
    }
  ],
 
  "x_axis":{
    "stroke":1,
    "tick_height":10,
    "colour":"#d000d0",
    "grid_colour":"#00ff00",
    "labels": {
        "labels": ["January","February","March","April","May","June","July","August","Spetember"]
    }
   },
 
  "y_axis":{
    "stroke":      4,
    "tick_length": 3,
    "colour":      "#d000d0",
    "grid_colour": "#00ff00",
    "offset":      0,
    "max":         20
  }
}



Após ter configurado estes 3 arquivos para ver o seu primeiro gráfico OFC funcionando execute o projeto do Appfuse gerado com o comando mvn jetty:run e acesse a url: http://localhost:8080/chart.htm?ofc=data.json

Se tudo tiver sido feito corretamente um gráfico como o mostrado na imagem abaixo deverá ser renderizado. Em um próximo post irei detalhar como utilizar a biblioteca JOFC para renderizar os gráficos utilizando struts2 e jsp.



[]s