9 de mar de 2009

JME - Implementação de Base de Dados para Device Floggy

Depois de vários dias pesquisando e debatendo em fóruns as alternativas de persistência em devices para Java ME decidi implementar a Floggy que é uma API que encapsula o RMS do Java ME tornando a manipulação e persistência destes dados mais simples. O que percebi nestes últimos dias foi que não consegui debater muito a fundo a utilização de base de dados ou deste tipo de API para JME por não ter encontrado ninguém com experiência disponível para um debate mais profundo nos fóruns e internet. Pesquisei em blogs, fóruns e encontrei muito pouca informação  e por isso ainda com um pequeno receio pela minha pouca experiência em JME decidi implementar a Floggy no meu projeto.
 
Um dos principais motivos que me levou a escolher a Floggy é que ela é um projeto de Brasileiros, o que me deixa muito contente. O link oficial desta API é http://floggy.sourceforge.net/ e nas próximas linhas irei detalhar os passos que segui para implementação deste Framework.

Uma primeira coisa que me agradou bastante e veio de encontro ao que preciso foi a disponibilidade de instalar como um plugin do eclipse, conforme instruções no link:  
Oooops... Encontrei um problema, a versão atual da Floggy conforme descrito no site no dia de hoje e que baixei manualmente é a versão 1.2.0 e a versão disponível no plugin do eclipse é a versão 1.1.3 e por isso suspendi a instalação através do plugin do eclipse e estou procurando alternativas para utilizar a última versão via eclipse. 

Vou tentar fazer um post na lista de discussão da Floggy sobre o problema e espero resolver a questão em breve para poder dar continuidade a este projeto de implementação da API. Portanto momentâneamente vou suspender a utilização mas pretendo, ainda esta semana, voltar a este ponto pois estou sentindo forte necessidade, conforme já descrito em outros posts, de simplificar o processo de utilização de persistência nos devices e o RMS não está atendendo às minhas expectativas. Assim que eu retomar esta implementação no meu projeto irei complementar este post com minhas impressões e o procedimento executado para implementar a Floggy.


E devido a este problema estou retomando os estudos das opções disponíveis, mas ainda inclinado a utilizar a Floggy mesmo. Infelizmente não posso postergar mais que uma semana esta questão para não atrasar o meu projeto então até o final da semana farei outro post sobre minha decisão final e o feedback da lista de discussão da Floggy.

IMPORTANTE - A resposta no fórum e solução do problema pelo time do projeto Floggy foi bem rápido(em cerca de 2 horas) , o que me dá bastante confiança na utilização da Floggy. Fique MUITO satisfeito com a rápida solução do problema pelo time do projeto e amanhã irei fazer um novo post sobre o passo a passo da implementação no meu projeto pois hoje estou sem mais tempo hábil. Por ser um projeto bastante ativo e pela ótima resposta que tive no fórum irei mesmo utilizar essa API. Parabéns aos envolvidos no projeto. Fico muito contente em conhecer mais um projeto Open Source promissor desenvolvido por um time Brasileiro.

[]s

2 comentários:

tmoreira2020 disse...

Marcos, o problema já foi corrigido. A causa foi que o arquivo de descrição das versões do Eclipse (site.xml) estava desatualizado devido à última atualização da documentação do site.
Você já pode testar a versão 1.2.0 usando o plugin do Eclipse.

Obrigado por avisar.

Um abraço

mmaia disse...

Blz Thiago, obrigado pela pronta resposta e rapidez na solução do problema. Parabén pelo projeto. Já complementei o post com minha impressão positiva.

[]s